Bolsonaro feito de bobo vestindo camisa de distribuidora de combustíveis




Ação representa negação do que o presidente defende: o direito dos produtores venderem combustível diretamente aos postos

Bolsonaro feito de bobo vestindo camisa de distribuidora de combustíveis
Antes de ser atraído a evento ligado a uma distribuidora, Bolsonaro confraterniza com populares - Foto: Marcos Corrêa/PR.

Fizeram o presidente Jair Bolsonaro de bobo ou ele não percebeu que a camiseta que lhe oferecerem para vestir, nesta sexta (16), com a marca de uma distribuidora, representa a negação de tudo o que ele defende: o direito dos produtores de combustíveis de venderem diretamente aos postos.

Hoje, os fabricantes são obrigados a entregar o combustível às distribuidoras, que nada produzem exceto notas fiscais, num modelo de negócio malandro que torna o combatível mais caro para o consumidor. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Além de Bolsonaro, o Conselho Nacional de Política Energética ordenou a venda direta, mas o bilionário lobby das distribuidoras não permite.

O cartório que beneficia os atravessadores foi criado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que vem protelando sua revogação.

As distribuidoras não agregam valor ao combustível, mas têm o “direito” de compartilhar dos lucros de produtores e postos.

 

Diariodopoder.com,.br

 

 





Comentários


Comentar


Sidebar Menu