Aguinaldo Ribeiro entra no circuito e reverte votos em favor do governo. Alguém ganharia uma Secretaria por isso?…



 

Apesar da vitória na votação sobre a criação da Fundação PB Saúde, na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (12), o que se viu denota que o Governo do Estado continua a padecer de indiscutível fragilidade na sua base aliada no Poder Legislativo: derrotado vinte e quatro horas antes, na CCJ, para hoje vencer a parada no plenário teve de contar com forças externas e alheias ao comando do seu núcleo de articulação política.

Na sequência dos fatos decorrentes da votação na Assembleia Legislativa, nos bastidores da política circularam, no final da tarde, sobretudo em João Pessoa, informações de que o Governo só teria logrado êxito nesta empreitada graças a interferência decisiva do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP).

Aguinaldinho – como é tratado pelos correligionários – teria pressionado os deputados oposicionistas Cláudio Régis, Galego de Sousa e Jane Panta a votarem a favor da matéria de interesse do governo. Comentou-se, até, que Panta encontrava-se em Campina Grande e teria sido trazida às pressas para João Pessoa, de avião, para votar em favor da criação da Fundação PBSaúde.

Panta

Também circulou a informação segundo a qual o deputado Tovar Correia Lima teria tentado convencer Jane Panta a votar contra o Governo, mas sem êxito.
Em contato com a coluna pelo Whatsapp, Tovar negou que tivesse havido esta conversa.

Toma lá…

Não se sabe, ao certo, os termos dos entendimentos do Governo do Estado com o deputado Aguinaldo Ribeiro. Mas no início da noite desta quarta-feira circularam informações de que a contrapartida a ser oferecida pelo Palácio da Redenção seria uma Secretaria de Estado e que, nessa troca de peças, Tibério Limeira estaria na corda bamba, ou seja: poderia perder a Secretaria de Desenvolvimento Humano para um da preferência do grupo comandado por Agnaldo.

G11

Do G11, bloco que se propõe a ser independente na Casa de Epitácio Pessoa, mas que ainda se considera da base aliada oficial, passará a ser G10. Júnior Araújo, que até ser guindado para importante cargo no Governo era líder do bloco, deve se desligar dos demais e compor o grupo de apoio incondicional ao governador João Azevedo.
A deputada Pollyana Dutra, que integra o G11, votou favoravelmente com o governo. A situação dela dentro do bloco ainda não foi discutida. “Mas será”, afirmou uma fonte à coluna.

Na votação desta quarta-feira, pelo menos sete dos deputados do G11 se ausentaram do plenário para não votar.

O que houve

Nesta quarta-feira (12), o plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou em dois turnos, a criação da Fundação PB Saúde, destinada a gerir o serviço de saúde no Estado.

 

Wellington Farias
PB Agora





Comentários


Comentar


Sidebar Menu