Bolsonaro pediu investigação de ‘esquema de laranjas’ que Julian teria participado




Paraibano teria atuado ao lado de Gustavo Bebbiano e Luciano Bivar na articulação do ‘laranjal‘
Redação Paraíba Já 

O deputado federal Julian Lemos (PSL), que é vice-presidente nacional do partido, teria sido um dos articuladores do suposto “esquema de laranjas” – candidaturas apenas com intuito de arrecadar fundo eleitoral – do PSL. A afirmação é da suplente de deputada federal Pâmela Bório (PSL).

O paraibano teria atuado ao lado do ex-ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebbiano, e do presidente nacional do PSL, Luciano Bivar. Bebbiano caiu do Governo após uma crise gerada pela suspeita do uso de candidatura laranja por parte del. Já Bivar, hoje deputado federal, é investigado pelo mesmo motivo.

“Como vice-presidente do PSL na época, o Gullien articulou junto ao Bebianno e ao Bivar a distribuição irregular dos repasses do Fundo Partidário aqui na Paraíba e nacionalmente, quando em vários estados foram constatados candidaturas aranjas”, afirmou Pâmela ao Paraíba Já.

Ela ainda garantiu que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não está nada satisfeito com os casos de candidaturas laranjas que vem acontecendo no partido e que uma intervenção se faz necessária na legenda.

“Uma intervenção no partido também se faz necessária tendo em vista o esquema ‘laranjal’ já está sendo investigado a mando do presidente Jair Bolsonaro”, informou a suplente.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu