Maranhão evita colar campanha na Paraíba a de Meirelles para sucessão presidencial



 Maranhão evita colar campanha na Paraíba a de Meirelles para sucessão presidencial
Apesar de o MDB já ter lançado oficialmente o ex-ministro Meirelles para sucessão presidencial e o candidato já ter, até mesmo, participado do guia eleitoral com o slogan "Chama o Meirelles", o senador paraibano e candidato ao Governo estadual, José Maranhão, do mesmo parrtido, não está empenhado em colar sua campanha a do correligionário.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, nesta quinta-feira (13), Maranhão disse que não tinha conhecimento da consolidação da candidatura do ex-ministro e que, até agora, ninguém da nacional o convocou para pedir apoio.

"Eu estou esperando, ainda estou esperando, que o candidato do partido se apresente para conversar, para dizer sobre a sua candidatura, pois eu quero transferir essa informação aos meus correligionários. Eu não tenho, ainda, uma posição formada, mas o normal é que apoiemos o candidato do partido", disse.

Sobre os boatos de que não aceitaria receber Meirelles, em sua campanha, na Paraíba, Maranhão negou e afirmou que essa não era a forma dele agir.

"Pergunta ao povo brasileiro quem é o candidato. Eu sou partidário. Se o partido bater o martelo que o candidato é ele eu votarei nele", disse.

Na entrevista, os repórteres alertaram a Maranhão que a candidatura do emedebista já estava homologada, e Maranhão arrematou: "Aonde é que está a campanha? Não está muito clara ainda. Eu estou aguardando que ele venha a Paraíba para conversarmos e ele apresente seu nome oficialmente", arrematou.

 

Márcia Dias

PB Agora




Comentários


Comentar


Sidebar Menu