Ricardo Coutinho e o “vazamento” que não houve



 

Esgotado o estoque de maldades contra o ex-governador Ricardo Coutinho, a turma do fake news parte para a fabricação de manchetes que, depois de espremidas à exaustão, não dizem nada.

Um blogueiro conhecido como o campeão dos fake News alardeou isso hoje.

Com ares de escândalo, estampou um “vazamento” de conversa realmente acontecida entre o ex-governador e um membro do MST nacional, minutos antes de começar uma live que eles fizeram no começo da tarde.

Fui ver o escândalo anunciado pelo dito cujo e, sinceramente, não compreendi como se perde tinta, tempo e juízo com uma coisa daquelas.

O ex-governador foi perguntado sobre a filiação partidária do governador João Azevedo e respondeu que ele teria tentado o PDT e fora recusado, optando então pelo Cidadania.E sobre o partido que abriga o governador, se é de direita, Ricardo disse que sim. Que era da base de apoio a Bolsonaro, mas agora que todo mundo está pulando do barco “os oportunistas estão todos correndo”.

Conversei agora a noite com Ricardo. Ele me autorizou a dizer que não tem porque esconder as verdades sobre o caráter do atual governador. E disse mais: Não houve vazamento e sim conceituação sobre um fato que qualquer pessoa honesta sabe que é verdade.

blogdotiaolucena.com.br

 





Comentários


Comentar


Sidebar Menu