Nomes que fizeram e fazem a história da Paraíba - Amazan–José Amazan Silva



 

Amazan–José Amazan Silva nasceu em Campina Grande em 05 de Outubro de 1963 e foi criado em Jardim do Seridó, interior do Rio Grande do Norte, onde desde criança já apreciava a Poesia e a boa música nordestina, começando a tocar uma velha sanfona emprestada de seu Primo.

O que parecia brincadeira de criança se tornou parte mais importante da vida profissional de Amazan.

Em Jardim do Seridó (RN) viveu até os 19 anos, quando voltou para Campina Grande.
Na Rainha da Borborema, por volta de 1984, conheceu o grupo de cultura nativa Tropeiros da Borborema e, a convite de Gerson Brito, seu Diretor, passou a ser “tocadô oficiá dos tropêro”.

Como membro dos Tropeiros, Amazan teve oportunidade de mostrar sua arte para vários Estados brasileiros e até para a Europa, sendo o grupo uma vitrine para o seu trabalho e para uma mudança profunda na sua visão do mundo.

O seu fascínio pela Música determinou definitivamente os caminhos pelos quais iria percorrer, e junto com dois outros integrantes formou Os Três do Forró, gravando seu primeiro compacto.

Algum tempo depois este grupo se desfez e um novo trio foi criado, o Festejo Nordestino, tendo mais um compacto gravado.

Era o início de uma definição profissional.

Em 1989, seguindo carreira solo Amazan grava o primeiro LP, Naturalmente, começando assim uma carreira de sucesso crescente.

A poesia chegou primeiro na vida de Amazan. Palavra de Nordestino e Nordeste em Carne e Osso foram suas primeiras empreitadas no mundo literário, mas já aos doze anos escrevia versos de cordel.

Empresário, fabrica seu próprio instrumento ao criar a fábrica de acordeons Leticce e comercializa o instrumento para os melhores artistas do Brasil.

Também é Ator, sendo garoto propaganda da rede de lojas Armazém Paraíba.
Foi o artista participante da campanha junina da Nova Schin, veiculada em todo o país, onde toca sanfona e narra contos engraçados.

Amazan é amante do Forró, enriquecido pelas raízes culturais que lhe deram suporte para buscar estabilidade e autenticidade, mas também pela responsabilidade de levar ao seu público a cultura enraizada nos pilares nordestinos, com amor e respeito ao gênero musical sem recorrer a apelos agressivos.

Nesse caminho, canta e conta paixões, o pensamento e a cultura de um povo, sendo a Música e a Poesia os veículos mágicos para transformar dificuldades, superar tristezas e exaltar a alegria do Canto e da Dança.

Amazan, é um dos representantes do forró no nordeste, destaque em todas as grandes festas na Paraíba e nos Estados vizinhos.

 

Livro de Camilo Macedo a ser lançado oportunamente

 

 





Comentários


Comentar


Sidebar Menu