Gente da minha terra - Adailton Coelho Costa



 ADAILTON COELHO COSTA–Nasceu em 30 de Dezembro de 1924, no município de Duas Estradas (PB).Filho de Francisco Florêncio da Costa e Laura Coelho da Costa, era casado com Elita de Souza Costa.

Em 1934 iniciou o Curso Primário no Grupo Escolar Antônio Pessoa, frequentando depois, em 1935, o Curso Franco-Brasileiro do professor Celestin Maurius Malzac e o Grupo Tomaz Mindelo, em1936.

Depois, em 1937, preparou-se para o exame de admissão ao Ginásio de Mamanguape (PB), na escola particular do Dr. Lopes Ribeiro.De1938 a 1942 cursou o ginasial no Colégio Salesiano do Sagrado Coração e o Científico no Colégio Oswaldo Cruz, de 1943 a1944, ambos no Recife (PE).

Em 1949, juntamente com o historiador José Pedro Nicodemos, fundou o Colégio Moderno de Mamanguape; mais tarde, sozinho, fundou o Colégio Matias Freire e criou a Escola Técnica de Comércio Carlos Dias Fernandes. Em Itapororoca, fundou o Ginásio Francisco Costa; na Baía da Traição, fundou o Ginásio José Pedro Nicodemos, que hoje funciona com outro nome. Destacou-se no magistério, lecionando nos colégios fundados por ele, e exercendo a direção de alguns deles.

Teve intensa atividade intelectual, tendo participado dos seguintes de seminários e encontros: 1º Seminário do Ensino Profissional, em 1°, 2°. 3° e 4° Seminários de Estudos Pedagógicos, em Mamanguape (PB); 1° Encontro de Juízes e Curadores de Menores, no Recife, PE; 1° e 2° Encontros de Diretores de Colégios da Rede Estadual de Ensino, na Secretaria da Educação e Cultura do Estado, em João Pessoa (PB); Estudo da Problemática do Menor Abandonado e Delinqüente, no Centro de Estudos do Menor da Comunidade, em Campina Grande (PB).

Em 1955 bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Paraíba, integrando a turma pioneira da UFPB. Tinha ainda formação em Pedagogia, concluído no Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPB, de 1965 a 1968.

Procurou sempre se aperfeiçoar participando de diversos cursos, como, por exemplos, o Exame de suficiência, realizado na Faculdade de Filosofia da UFPB; 1° e 2° Seminários do Menor, na Secretaria do Trabalho e Serviços Sociais; Treinamento sobre Psicologia do Menor, em convênio com a UFPB; Curso de Orçamento-Programa, em convênio com a Faculdade de Ciências Econômicas da UFPB, e do Curso de Técnica de Planejamento e Assessoramento, em convênio com a Faculdade de Ciências Econômicas da UFPB.

Sempre dedicado ao magistério, cuja vocação foi precoce, Adailton Coelho ensinou em várias instituições de ensino médio e universitário, como: Anatomia e Filosofia Humana, Ciências e Geografia, na Escola Normal Regional de Mamanguape (PB); Geografia Geral e do Brasil e Ciências, no Ginásio Mathias Freire, em Mamanguape (PB); Sociologia Educacional e Administração Escolar, na Escola de Formação de Professores de Mamanguape, PE;Direito e Legislação, na Escola Técnica de Comércio Carlos Dias Fernandes de Mamanguape (PB);Organização Social e Política Brasileira e Educação Moral e Cívica, no Instituto Moderno, de Mamanguape (PB); Organização Social e Política Brasileira, no Colégio Estadual de Mamanguape, de Mamanguape (PB); Prática Forense, na Faculdade de Direito do IPE, em João Pessoa (PB) Direito Comercial, no Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPB.

Em Mamanguape, foi Diretor do Colégio Estadual daquele Município (1964/1973) e Diretor da Escola Profissional Presidente João Pessoa, de Pindobal (1968). Em João Pessoa, exerceu os seguintes cargos relevantes: Diretor do Departamento do Menor (1973/1976); Promotor da Justiça – 6ª Promotoria (1976); Secretário do Interior e Justiça (1978/1979); Superintendente do de Previdência do Estado da Paraíba (IPEP) (1979/1980); Secretário do Trabalho e Serviços Sociais (1980/1983); Secretário de Administração (1983/1984); Presidente do Conselho Deliberativo da FUNSAT (1983/1985).

Foi Secretário da Casa Civil do Governo do Estado (1984/1985) Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, a partir de 1985, onde se aposentou em 1994, tendo exercido a Presidência daquela Corte várias vezes. Era Cidadão de Mamanguape e de Sousa; Diploma de Honra ao Mérito, concedido pela Câmara Municipal de Mamanguape; Melhor Secretário do Ano, diploma concedido pela imprensa paraibana, em 1979, quando exercia o cargo de Secretário do Interior e Justiça; Colaborador Emérito, diploma concedido pela Associação Nacional de Veteranos da FEB; Diploma de sócio efetivo da Liga de Amadores Brasileiros – LABRE, 1970. O IHGP outorgou-lhe o Diploma e Comenda de Mérito Cultural José Maria dos Santos. Trabalhos de sua autoria: Mamanguape, a Fênix Paraíba (História), 1986; 20 Anos do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, 1991; Mamanguape minha terra (livro didático de Estudos Sociais para o 1º grau); Vale a pena envelhecer juntos, 1998. Ingressou no IHGP no dia 10 de setembro de 1993, sendo saudado pelo historiador Luiz Hugo Guimarães. No IHGP participou de várias Comissões de Estudos, escreveu artigos para a Revista e fez palestras, desfrutando de amizade e simpatia entre os seus pares. Possuía o título de Mestrado em Direito Privado, aprovado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, de 1978 a 1980).





Comentários


Comentar


Sidebar Menu