Cunha Lima diz que desistência de Cartaxo facilitou para a oposição e defende nome de Romero



Paraíba Já 

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) afirmou, nesta terça-feira (6), que a decisão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), de desistir de disputar o Governo do Estado acabou facilitando a unidade das oposições em trono de um só projeto.

Em entrevista à Rádio Correio FM, Pedro aproveitou para voltou a defender o nome do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) como o candidato das oposições.

“Por um lado (a desistência de Cartaxo) facilitou, pois você tinha três pré-candidaturas e agora você tem duas, que é a do prefeito Romero e a do senador (José) Maranhão. Então se deu um passo à frente do que tem sido um mantra, que é preservar a unidade das posições em torno de um projeto de governo. Vou defender o nome do PSDB, que tem um nome fortíssimo, que é o do prefeito Romero, e tem o do senador Maranhão pelo MDB. Então, longe de ter desmontado a candidatura das oposições”, observou o deputado tucano.

Ainda na entrevista, Pedro Cunha Lima disse que não trabalha com a hipótese do seu pai, senador Cássio Cunha Lima (PSDB, ser o nome das oposições, até porque isso enfraquece a pré-candidatura de Romero Rodrigues.

“Não consigo ver essa hipótese, até porque enfraquece a real (pré) candidatura que é a de Romero. A demora não foi algo que facilitou o processo, mas é algo compreensível. É um orgulho defender o nome de Romero. Por parte do PSDB, sempre compreendemos que, até então, o nome de Luciano era legítimo e estávamos sempre argumentando em torno da unidade, mas também defendendo o nosso quadro. Respeito e compreendo a decisão do prefeito Luciano, que talvez, se eu tivesse no lugar dele, eu também tomaria. Mas, não é esse conselho que eu dou a Romero, o conselho que dou a Romero é o inverso”, concluiu Romero.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu