O Estado brasileiro é apenas uma sinecura de castas de senhores feudais - Francis Lopes de Mendonça



 

 Francis Lopes de Mendonça

Eu já escrevi isso algumas vezes, mas sempre me pego pensando no assunto, embora eu saiba que seja mera e frustrante masturbação mental: o Estado brasileiro é apenas uma sinecura de castas de senhores feudais que usufruem de altos salários e privilégios abusivos.

Estão excluídas dessas vantagens especiais a plebe rude e as massas ignaras, inertes, apáticas, anestesiadas e submissas, que só servem para sustentar as imoralidades praticadas sob a cínica alegação de que ninguém está fazendo nada ilegal, como se não fosse dentro da legalidade que fabricassem regalias e mamatas transformadas em “direitos adquiridos”.

Mas o que podíamos esperar de um Judiciário indicado pelo Executivo e aclamado pelo Legislativo? Uma ilha isenta das ideologias e influências partidárias? Ou um tabu perpetuador de injustiças contra quem paga a conta: o bobo da côrte comprado, o povo mais pobre?

Pois é a maior transferência de renda da História da Carochinha do Brasil - mas dos pobres para os ricos. Parecem duas castas diferentes de cidadãos, não é? Só que tudo é legitimado nas urnas.

O mecanismo do voto não passa de moeda de troca imposta aos trouxas na "democracia" de simulacros e factoides de cada província federativa pré-capitalista. Uma afronta à Carta Magna, a nossa cuspida Constituição Federal!




Comentários


Comentar


Sidebar Menu