O PMDB de José, será mais uma vez, a NOIVA da próxima eleição! Por Rui Galdino Filho



 ( advogado e jornalista )

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Essa história fiada de dizer que a eleição de 2018, só será discutida em 2018, é conversa pra boi dormir. Os bastidores da política paraibana estão fervendo e à todo vapor. Além disso, todos blefam, jogam para a platéia e ninguém confia em ninguém. Realmente, o moído é grande e à medida que o tempo urge, tem gente que não larga o calendário, bem como, os ansiolíticos.

O governo, já tem seu pré-candidato a governador estabelecido, na pessoa do competente secretário João Azevêdo (PSB). Ao mesmo tempo em que a oposição diz que Azevêdo é “galinha morta”, ou seja, fácil de se derrotar, a mesma oposição, já está procurando a Justiça Eleitoral, denunciando o governo de promover a pré-candidatura de João Azevêdo co recursos públicos.

Ora, é muita contradição e desespero por parte da oposição, pois, se João, é “galinha morta”, como eles dizem, por que estão preocupados com a ascensão de João Azevêdo, perante à opinião pública paraibana? Realmente, a pré-candidatura de João Azevêdo, já começou a incomodar muita gente, principalmente, aqueles que estão sonhando em voltar para o palácio da redenção. Essa, é que é a verdade!

Recentemente, o desespero da oposição, fez com que ela desse um grande tiro no pé, com relação a fim do racionamento da água em Campina Grande, onde a oposição foi contra, e o governo foi firme e terminou vencendo a queda de braço. Agora, de novo, a oposição está dando mais um tiro nos pés, acionando à justiça eleitoral tentando barrar a pré-candidatura de João Azevêdo. Outra bobagem e erro político!

E para complicar mais ainda a oposição, o senador José Maranhão (PMDB), disse que o seu partido vai ter candidatura própria ao governo do estado e que está aberto a conversar com todos. E agora? Por outro lado, o senador Cássio ( PSDB), também disse, que seu nome está à disposição para também disputar o governo do estado. E agora?

E onde ficam o nome dos prefeitos Cartaxo (PSD) e Romero (PSDB), nesse imbróglio da oposição? Gente, a verdade é que a oposição está mais perdida do que cego em tiroteio. Está atirando para todos os lados e sem saber pra onde ir! E não era Luciano Cartaxo, o candidato ungido de todos da oposição? Agora, é Maranhão, é Cássio, é Romero… Então, o que mudou? O que está acontecendo?

Abril de 2018 se aproxima, e com isso, veremos quem vai se salvar dentro da oposição. E o vice-prefeito, Manoel Júnior? Coitado! A cada dia, perde a esperança de ser prefeito da capital, pois, Cartaxo, que não é menino bobo, já está vendo que não vai dar pra ele, e com isso, deverá ficar na prefeitura até o final do seu mandato. Então, Mané, deverá sair do PMDB e migrar para outra legenda, talvez o PSDB, e aí vai tentar se eleger pelo menos deputado estadual.

PSB e PMDB, deverão caminhar juntos em 2018. PSDB e PSD, também deverão caminhar juntos em 2018. PP, PDT, PT, PTB, DEM, etc, vão ficar gravitando em torno dos demais partidos, considerados cabeças de chave. PDT, PT, PTB e DEM, deverão ficar com o governo. E o PP, deverá ficar na oposição. Dizem até, que PSDB, PSD e PP, juntos, vão se unir num grande abraço de afogados, pois, se PMDB e PSB, se juntarem, vencerão o pleito já no 1º turno.

Dizem, que muitas águas aindam vão rolar por debaixo da ponte. É verdade! Mas, é preciso entender que algumas águas já caminham para acomodações visando 2018, e o PMDB, é uma delas. Que o governador fique ou não no governo, o PDT, também já está se acomodando. Uma coisa é certa, as oposições só caminharão unidas, se for em torno do nome de José Maranhão(PMDB), pois, nenhum outro nome, unificará as oposições.

Então, a preço de hoje, poderemos ter um embate entre João Azevêdo, candidato do governo e José Maranhão, candidato da oposição. Ou, o PMDB ao lado do governo, lançando o vice de Azevêdo, pois, o candidato do governo, será mesmo João Azevêdo e ponto final.

Do jeito que a oposições estão agindo e errando bastante, acho que sequer terá candidato ao governo em 2018, basta Maranhão, se unir com Ricardo, então, o desmantelo será grande. Mais uma vez, o PMDB, está sendo a noiva da eleição vindoura, graças à habilidade política da “velha raposa”, José Maranhão, que está mais novo e moderno do que muita gente pensa.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu