A sonhada transposição - Lourdinha Luna



 
Lourdinha Luna
Na chegada das águas do São Francisco à Paraíba, há quem se arvore em patrono do feito. No entanto, cabe ao deputado de Sumé, Francisco de Assis Quintans e ao engenheiro civil-militar João Ferreira Filho, que aportou no gabinete do legislador, no PL, na década de 90, para servir à transposição, ainda embrionária. Lutaram, além da conta, para que o Nordeste sofrido contasse com o excesso hídrico do rio da Integração Nacional, que tem sua decantação no mar...


Quando da ausência do cel. João Ferreira, no cooper do Cabo Branco, ele estava em São Paulo, a convencer Empresários para encampar a causa que livraria sua cidade da superlotação, quando a seca castigasse a região nordestina. O coronel visitou Estados mais avessos ao plano - Bahia, Sergipe e RGN.

O trabalho intenso, na construção do entendimento para a obra gigantesca, deu resultados satisfatórios.

Enfim, a promessa da transferência hídrica, oficializou-se em 2006, quando no 2º turno da eleição para a presidência da República. Em João Pessoa, em comício no Parque Solon de Lucena, em presença do candidato a governador da PB, José Maranhão, o Presidente Lula anunciou que iniciaria o projeto em 2007, com entrega em outubro de 2012. A partir do aviso nomes da Paraíba juntaram-se ao deputado Marcone Gadelha para o indispensável apoio parlamentar à sua execução. Na reta final outros se achegaram e visitaram os trabalhos, que emperraram na fase final e cobraram sua conclusão, ante a ameaça de faltar água, que é vida, no território paraibano.

Estendeu-se a data da inauguração, que deixará de fora a parte mais árida, o Curimatau, para não encarecer o projeto. Apesar dos percalços seu advento à Paraíba está marcado. A despeito da pugna e demora, as secas futuras terão opositor e com antecipação podemos cantar vitória, Hoje façamos justiça ao ex-Presidente Lula e aos primeiros adeptos da campanha na Paraíba: Assis Quintans, João Ferreira e Marcone Gadelha, em respeito à história que não deve ser maculada.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu