GUILHERME GOMES DA SILVEIRA D’AVILA LINS. - Camilo Macedo



 GUILHERME GOMES DA SILVEIRA D’AVILA LINS. médico, professor universitário e pesquisador de história, nasceu na capital paraibana em 26 de novembro de 1941, filho do também médico e professor universitário Dr. Antonio D’Avila Lins (in memoriam), um dos fundadores do ensino médico na Paraíba, e de D. Helena da Silveira D’Avila Lins (in memoriam), nona neta de Duarte Gomes da Silveira, um dos heróis da conquista da Paraíba em 1585. Casado com a Dra. Rita Maria Cury D’Avila Lins, natural da cidade de Ponta Grossa (PR), médica, psicanalista, filiada à International Psychoanalytical Association (IPA), de cujo matrimônio nasceu Eduardo Cury d’Avila Lins, Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Anhembi-Morumbi (SP) com curso de redação publicitária pela Miami ad School ESPM (SP).

Até o quarto ano primário estudou em escola particular, inicialmente, por muito pouco tempo, com D. Camerina Bezerra Cavalcanti e a seguir com D. Francisca de Ascensão Cunha, ambas Professoras Catedráticas, já então aposentada, da antiga Escola Normal da capital paraibana. Na mesma cidade cursou o quinto ano primário no Colégio Pio X (Marista), onde prestou o exame de admissão ao curso ginasial, todo ele cursado lá mesmo. Daí transferiu-se para o Liceu Paraibano onde permaneceu durante todo o primeiro ano colegial (científico). A seguir transferiu-se mais uma vez, então com bolsa de estudos, para o velho Colégio Pedro II (Internato) no Rio de Janeiro, onde concluiu o curso colegial obtendo o título de Bacharel em Ciências e Letras conferido por esse educandário.


Ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), tendo colado grau de Médico em 1968. Após breve permanência na sua cidade natal rumou para São Paulo (capital) fixando aí residência durante muitos anos, onde passou a exercer a profissão médica e onde fez vários cursos de pós-graduação Lato Sensu e Strictu Sensu, além de várias dezenas de cursos de extensão de curta duração. Seus estudos primários foram feitos com a professora Camerina Bezerra Cavalcanti e Francisca de Ascensão Camarão da Cunha. No Colégio Pio X concluiu o curso ginasial. Cursou a primeira série do curso científico no Liceu Paraibano e as demais séries no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Cursou Medicina na Universidade Federal da Paraíba, onde se formou em 1968.


Fez vários cursos de pós-graduação em gastroenterologia em nível de mestrado e doutorado, em São Paulo. Participou de inúmeros cursos de extensão universitária, simpósios, conferências, etc. Seu vasto currículo na área de Medicina registra a apresentação de várias teses e trabalhos publicados em revistas científicas do país. Exerceu a medicina em São Paulo, por vários anos, e, retornando a João Pessoa, lecionou na Universidade Federal da Paraíba, tendo ocupado várias chefias no Hospital Universitário, onde prestou serviço até a sua aposentadoria.


Na área de História, é um estudioso do período colonial da Paraíba, com mais de 30 anos de pesquisa nesse setor. Entre as várias publicações de sua autoria, podemos citar; O Centenário do Dr. José D’Avila Lins; Levantamento das Publicações dos Diálogos da Grandeza do Brasil, com algumas notas sobre o mais provável autor; João Afonso Pamplona – A instituição do nome que foi o primeiro proprietário de terra da Capitania da Paraíba; Dr. Guilherme Gomes da Silveira – Nótula Genealógica e Biográfica; O Fracasso Holandês na Capitania da Paraíba em 1631; Revisão e Retificação dos sucessivos nomes oficiais da Capital da Paraíba ao longo do tempo; Página da História da Paraíba, no qual faz um estudo profundo sobre a fundação dos dois primeiros engenhos da Paraíba.


Tem ainda a publicar vários trabalhos, destacando-se Gravetos de História, um alentado estudo sobre o Sumário das Armadas, em três volumes. Ingressou no Instituto Histórico e Geográfico Paraibano no dia 9 de julho de 1999.


É Membro Efetivo da Academia Paraibana de Filosofia (APF), Membro Titular da Academia Paraibana de Medicina (APMED), Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Regional da Paraíba (SOBRAMES-PB), Membro Efetivo da União Brasileira de Escritores – Núcleo da Paraíba (UBE-PB) e Membro Fundador da Academia de Letras e Artes do Nordeste – Núcleo da Paraíba (ALANE-PB). Finalmente, no dia 15 de janeiro de 2008 foi eleito Membro Efetivo da Academia Paraibana de Letras (APL), onde a 09 de maio de 2008 tomou posse da Cadeira N.º 19 (Patrono: Irineu Ferreira Pinto; Fundador: Dr. Durwal Cabral de Almeida e Albuquerque; primeiro sucessor: Dr. Amaury Araújo de Vasconcelos), ocasião em que proferiu o discurso intitulado Imortalidade, uma idealização do ser humano, tendo sido saudado pelo Acadêmico Dr. Manuel Batista de Medeiros.

 

Do livro Nomes que fizeram e fazem a história da Paraíba

 

 




Comentários


Comentar


Sidebar Menu