Porque hoje é sábado - Tião Lucena



 Porque hoje é sábado
Postado por Delano, 28 de Março de 2015 às 10:04

Admiro o conterrâneo Paulo Mariano por sua fidelidade as origens. Agora mesmo retornou a Princesa para participar de um debate sobre a guerra de trinta e voltou cheio de boas recordações. Recordações não dos figurões da política de lá, mas de gente da terra, da gente, do povo, como Padre Maia, João França e Mané Gato, o Rei dos Pantins.
**
Nesta terça-feira você não pode perder o Politicando, aquele programa que apresento na TV Master.Vou entrevistar o nosso cronista maior, o jornalista e imortal Gonzaga Rodrigues, que com certeza terá muitas histórias para contar.
**
Agnaldo Almeida de livro pronto, porém sem recursos para editar a obra.Cadê os programas de incentivo a cultura que não adotam a obra de Agnaldo?
**
O governador Ricardo Coutinho inaugura logo mais o novo Dede, ou Vila Olimpica como queiram. Uma obra que, pela sua importância e imponência, está despertando uma ciumada danada nos seus adversários políticos.
**
Marcos Maivado Marinho comanda a partir das 10 horas mesa redonda na Jacumã FM, a rádio que tem o mais bonito e pomposo time de galegas da radiofonia paraibana.
**
Wellington Fodinha revoltado com o cartão do SUS que recebeu da Prefeitura. Simplesmente uma xerox mal ajambrada, coisa de gente pobre que não tem em casa nem material de expediente.
**
Camila Toscano e Estela Bezerra, cada uma no seu estilo, brilhando na Assembléia Legislativa. Já tem deputado enciumado.
**
Aquele comerciante com loja naquele famoso shopping precisa se cuidar. Não pode ver um priquito que mergulha de cabeça, esquecendo que,na idade provecta, tudo de mais é veneno.
**
Companheiro Marcos Pires, nosso embaixador das causas impossíveis, em missão especial desde o começo do mês,ainda não apresentou relatório conclusivo do trabalho investigativo.
**
E agora lá se vão meus abraços para João do Bar,Nenem de Cajazeiras, Dudu do Manaíra, Renato do Funcionários II, Tetéo de Guga, Duri Duri do Geisel, Gilvan de Efraim, Roque Fogueteiro, Zé de Biu, Goguinha de Benedito de Rufina, Chico de João Oliveira, Zé de Chumbinho, Tevaldo de Ortilo, Bicudo Massaroca e Maitê Proença.
**
Numa noite escura, voltando de uma carreata pelo interior, um dos ônibus, lotado de políticos sai da pista, capota duas vezes e cai numa fazenda. O fazendeiro acorda assustado e vai ver o que aconteceu. Ao se deparar com aquela terrível visão, rapidamente começa a cavar um buraco, onde enterra os corpos. Alguns dias depois, um investigador bate a sua porta e faz várias perguntas sobre o acidente. - E onde estão os políticos? - Eu enterrei eles naquela cova ali! - Mas estavam todos mortos? - espanta-se o policial. - Bem... alguns diziam que não... mas o senhor sabe como os políticos são mentirosos!





Comentários


Comentar


Sidebar Menu