Preço em alta da gasolina leva o consumidor a migrar para o álcool

Essa migração já vem ocorrendo desde a greve dos caminhoneiros, em maio

O consumo de etanol nas bombas dos postos de combustíveis de São Paulo alcançou a mesma proporção da gasolina. Foto: EBC

O consumo de etanol nas bombas dos postos de combustíveis do Estado de São Paulo alcançou, pela primeira vez, neste mês de setembro a mesma proporção da gasolina. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), José Alberto Paiva Gouveia, 50% das vendas foram de etanol e 50% de gasolina. Até hoje, o que se verificava era um escoamento médio de 60% de gasolina.

O empresário informou que essa migração já vem ocorrendo desde “a greve dos caminhoneiros, em maio último {que levou ao desabastecimento} em paralelo com as subidas constantes da gasolina”. Ele informou que o consumo mensal nas cidades paulistas atinge 180 bilhões de litros somando a gasolina, o álcool e o diesel. E sempre que o valor do litro de álcool equivale a 70% do preço da gasolina, abastecer com o derivado da cana fica mais competitivo. O litro de gasolina está custando em média R$ 4,57 em São Paulo, enquanto o de etanol vale R$ 2,74 – 59% mais barato.

Na avaliação da pesquisadora da Fundação Getulio Vargas em Energia, Fernanda Delgado , a greve dos caminhoneiros continuará ainda por algum tempo “reverberando na economia do país”. Ela, no entanto, pondera que o grande impacto sobre o preço da gasolina, que já subiu 15% desde maio último, está associado mais à pressão das cotações no mercado internacional. O valor do barril de petróleo, passou, nesse período, de US$ 65 para US$ 75. A tendência, pontuou a pesquisadora, é de alta no mundo todo.

Delgado defende que o Brasil poderia ser menos dependente dessa política de preços internacionais caso houvesse a quebra do monopólio da Petrobras, que detêm 98% do refino dos derivados de petróleo. A questão, porém, explica, esbarra em criar um sistema que possa atrair os investidores.

Oferta de álcool
Em relação à vantagem competitiva de se abastecer o carro com álcool, a pesquisadora da FGV Energia disse que esse quadro é favorecido pela perspectiva de uma boa oferta do etanol no mercado. Mas ela alerta sobre a possibilidade de uma mudança no mix de produção, caso ocorra uma sinalização de alta dos preços do açúcar no mercado internacional. Isso poderia levar as usinas a destinarem uma maior parte da safra para essa commodity.

Já o diretor técnico da Unica, entidade que congrega as usinas sucroalcooleiras da região Centro Sul, Antonio de Padua Rodrigues, descartou, nesta quinta-feira o risco de um desequilíbrio de preços do etanol em função da demanda mais aquecida. Ele informou que o setor está em plena safra e com estimativa de recorde na produção, podendo chegar a 32 bilhões de litros e um crescimento na oferta entre 4 a 5 bilhões de litros.

Pádua reconhece, contudo, que algum ajuste de preço pode até ocorrer, mas se isto se confirmar será em margem bem pequena diante da boa oferta. “Nossa expectativa é que a distribuição para os postos passe da média de 1,8 bilhões de litros para 2 bilhões de litros”, afirmou, referindo-se ao próximo anúncio da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Fazendo uma análise sobre a vantagem competitiva do álcool sobre a gasolina, Pádua observou que enquanto o derivado da cana vem se mantendo com preço estável pela boa safra que deve crescer em torno de 15%, a gasolina está sujeita às variações impostas tanto pelos fatores externos quanto pela pressão cambial. Nos últimos dias, a moeda norte-americana tem oscilado acima dos R$ 4,00 e fechou nesta quinta-feira em R$ 4,07 um recuo de 1,27% sobre a cotação de ontem (19).

No último dia 5 de setembro, o preço da gasolina nas refinarias havia alcançado R$ 2,2069, no maior valor desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commodity no mercado externo. (ABr)

Diariodopoder.com.br

Foto EBC

 

 


Bolsonaro passa por procedimento para drenagem de líquido no abdômen

Após constatar uma elevação de temperatura para 37,7ºC, os médicos fizeram uma tomografia no presidenciável
Redação
Redação
20/09/2018 às 18:56 | Atualizado às 18:56 Facebook Twitter Google Linkedin

Com 37,7ºC, Bolsonaro retira líquido junto ao intestino e põe dreno.

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado em unidade semi-intensiva, passou por um procedimento para drenagem de líquido que estava ao lado do intestino, segundo boletim médico divulgado nesta tarde pelo Hospital Israelita Albert Einstein, onde ele está sendo tratado desde o último dia 7.

Após constatar uma elevação de temperatura para 37,7ºC, os médicos fizeram uma tomografia de tórax e abdômen em Bolsonaro. Os exames mostraram “pequena coleção de líquido ao lado do intestino”, o que levou ao procedimento. Neste momento, ele está com dreno no local e evolui sem dor.

Jair Bolsonaro mantém evolução clínica e inicia alimentação líquida oral
O candidato iniciou ontem alimentação líquida por via oral, com boa tolerância, mantendo também a nutrição endovenosa, segundo boletim médico divulgado pelo Albert Einstein. Bolsonaro continua recebendo dieta líquida por via oral com boa aceitação associada à nutrição endovenosa, de acordo com o hospital.

No último domingo (16), o candidato recebeu alta dos tratamentos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando passou a receber cuidados semi-intensivos. Ele estava na UTI desde a quarta-feira (12) da semana passada, quando foi submetido a uma cirurgia de emergência para tratar uma aderência que obstruía o intestino delgado. Antes das complicações, os médicos haviam começado a reintroduzir a alimentação por via oral.

Bolsonaro recebeu uma facada durante ato de campanha no último dia 6, em Juiz de Fora (MG). Após ter sido atendido na Santa Casa da cidade, onde chegou a passar por uma cirurgia, ele foi transferido, a pedido da família, para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, na manhã do dia 7. (ABr)

Diariodopoder.com.br

 


Candidatos usam jatinhos e o contribuinte paga a conta: R$14,2 milhões

Candidatos gastam R$14,2 milhões em aluguel de aviões com dinheiro público

Com o veto às doações de empresas, os candidatos não perderam o hábito milionário adquirido nos tempos das vacas obesas de mensalão e petrolão. Até agora, na eleição de 2018, já gastaram mais de R$14,2 milhões com o aluguel de jatinhos em 60 empresas de táxi-aéreo, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. Em vez de empreiteiras, agora o dinheiro saiu do bolso do contribuinte, por meio do Fundão Eleitoral. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os gastos dos candidatos apenas com jatinhos parecem pouco em relação aos R$270 milhões gastos com “publicidade” e “impressos”.

Além de alugar aviões com dinheiro público, os candidatos gastaram R$24,1 milhões em combustíveis e lubrificantes.

Em tempos de redes sociais e perfis fake para “impulsionar conteúdo”, o Facebook e o Google já receberam R$6 milhões com essa eleição.

Diariodopoder.com.br

 


Após denúncia, CRM-PB pode interditar UPA dos Bancários


Segundo funcionários, médicos estão sobrecarregados.

Por Redação Portal T5

UPA dos Bancários
Foto: Divulgação
Após recebimento de denúncia, o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) informou que deu um prazo de 24h para a diretoria da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) localizada no bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa, apresentar a escala médica sob risco de interdição ética no próximo sábado (22).

+ Paraíba deve pagar R$ 154 milhões por retirada de águas do Rio São Francisco

Em entrevista ao Portal T5, João Alberto Pessoa, diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB disse que, de acordo com os profissionais que atuam na unidade há uma sobrecarga. “Recebemos três denúncias sobre a falta de profissionais na unidade. Os médicos estão sobrecarregados. Entramos em contato com a presidência do conselho”, disse.

“O déficit de profissionais gera sérios prejuízos e risco ao atendimento da população e à segurança do ato médico”, adiantou.

Prazo

O diretor acrescentou que se a escala não for entregue nesta sexta-feira (21), a unidade será interditada eticamente até o próximo sábado (22).

Interdição ética

Ainda segundo o diretor, a interdição ética corresponde a retirada dos médicos do ambiente. “Os demais funcionários permanecem. Apenas os médicos ficarão de fora e quem assume a responsabilidade e responderá é a secretaria de saúde do município”, finalizou.

Portal5.com.br

 


O novo status da Paraíba


Talvez você nem tenha ficado sabendo, mas a Paraíba foi mais uma vez destaque no Ranking da Competividade dos Estados, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP)....

Talvez você nem tenha ficado sabendo, mas a Paraíba foi mais uma vez destaque no Ranking da Competividade dos Estados, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Ano passado, a Paraíba assumiu o primeiro lugar no Nordeste no Ranking e o décimo no Brasil. Agora em 2018, o Estado manteve a primeira colocação regional e ganhou uma posição no ranking nacional, passando a ser o 9º estado mais competitivo do Brasil. No quesito infraestrutura, acreditem, no país inteiro, a Paraíba só perde para a megalópole São Paulo. É isso, só perdemos em infraestrutura para uma das maiores cidades do mundo.

Talvez você não tenha ficado sabendo disso, justamente porque se trata de uma notícia altamente positiva para o nosso Estado. E notícia positiva invariavelmente não vira manchete de jornal, nem reportagem especial. Quando muito uma notinha de rodapé ou uma nota corrida no fechamento do telejornal. Já as desgraças, ah as desgraças. Essas viralizam feito bactéria na corrente sanguínea.

Pois bem paraibano, se orgulhe porque por mais que este fato não entre na pauta da mídia, pode ter certeza que muita gente vai olhar para esses dados, principalmente investidores que procuram ilhas de prosperidade neste Brasil tão desiludido e de administrações públicas tão amadoras e corruptas.

Os frutos serão colhidos nos próximos anos, com cada vez mais empresas procurando nosso estado para investir, ampliar suas plantas, como o caso da Alpargatas que fechou uma unidade no Rio de Janeiro, e fabrica em Campina Grande, oito pares de Havaianas por segundo.

Como a Companhia de Bebidas Nacional, do Estado do Espirito Santo, que assinou protocolo de intenções para abrir a primeira filial fora do Estado de origem, aqui na Paraíba, e deve gerar mais 500 empregos diretos.

Como as indústrias de produção de energia eólica e solar que estão se instalando na Paraíba …

Enfim, agora quando alguém pesquisar “Paraíba” no google, corre o risco de não ler somente notícias negativas e além de nossas belezas naturais, nossas riquezas culturais, vai encontrar informações positivas sobre nosso estado. Vai encontrar um novo status da Paraíba, num nível elevado, num nível que orgulha.

http://marcosweric.com.br

 


Rama, Tárcio, Maranhão e Lucélio são os mais rejeitados na Paraíba, aponta Ibope

 
Por Redação Paraíba Já 

Rama, Tárcio e Zé Maranhão lideram índice de rejeição na Paraíba, mostra Ibope
A segunda pesquisa feita pelo Ibope Inteligência, a pedido da TV Cabo Branco, mostra redução do índice de rejeição dos três candidatos que melhor pontuaram no quesito intenção de voto. Deles, o senador José Maranhão (MDB) é o que apresenta o maior grau de rejeição. Ele tem 28% de intenções de voto e 30% de rejeição.

O percentual de pessoas ouvidas pelo instituto que disseram não votar nele de jeito nenhum, no entanto, já foi maior. Era de 41% na última consulta. A líder em rejeição é Rama Dantas (PSTU), que passou de 33% para 37%. João Azevêdo (PSB) também melhorou no quesito e é o menos rejeitado. Confira o quadro abaixo.

Rama, Tárcio, Maranhão e Lucélio são os mais rejeitados na Paraíba, aponta Ibope

Projeção de segundo turno
A pesquisa Ibope revelou que João Azevêdo derrotaria seus principais concorrentes em um eventual segundo turno.

No confronto com o candidato do MDB, José Maranhão, João venceria no segundo turno com 43% dos votos contra 42% do emedebista. Já na disputa contra Lucélio Cartaxo, do PV, o socialista ganharia com uma vantagem de 10 pontos percentuais: 45% x 35%.

Pesquisa estimulada
No levantamento estimulado (em que o pesquisador apresenta ao entrevistado a relação de candidatos), a pesquisa Ibope mostra João Azevêdo também na dianteira. O candidato do PSB subiu 15 pontos percentuais e saltou de 17% para 32%. Veja os números abaixo.

João Azevêdo (PSB): 32%

Zé Maranhão (MDB): 28%

Lucélio Cartaxo (PV): 19%

Tárcio Teixeira (PSOL): 2%

Rama Dantas (PSTU): 0%

Brancos/nulos: 15%

Não sabe/Não respondeu: 4%

No levantamento anterior, feito entre os dias 21 e 23 de agosto, os números foram os seguintes: Maranhão, 31%; Lucélio Cartaxo, 18%; João Azevêdo, 17%; Tárcio Teixeira, 3%; Rama Dantas, 0%; Brancos/nulos, 23%; Não sabe/Não respondeu, 8%.

Pesquisa espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

João Azevêdo (PSB): 23%

Zé Maranhão (MDB): 15%

Lucélio Cartaxo (PV): 10%

Tárcio Teixeira (PSOL): 0%

Rama Dantas (PSTU): 0%

Outros: 4%

Brancos/nulos: 20%

Não sabe/Não respondeu: 28%

No levantamento anterior, os números foram: João Azevêdo, 11%; Zé Maranhão, 9%; Lucélio Cartaxo, 6%; Tárcio Teixeira, 0%; Rama Dantas não foi citada; Outros, 7%; Brancos/nulos, 22%; Não sabe/Não respondeu, 45%.

Índice de rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices abaixo.

Rama Dantas (PSTU): 37%

Tárcio Teixeira (PSOL): 31%

Zé Maranhão (MDB): 30%

Lucélio Cartaxo (PV): 24%

João Azevêdo (PSB): 23%

Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2%

Não sabem ou preferem não opinar: 10%

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais
Quando a pesquisa foi feita: 16 a 18 de setembro
Registro no TRE: PB-08654/2018
Registro no TSE: BR-07454/2018
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado


MISSA de 7° dia ETIENETE MARINHO DUARTE (Netinha)

 

*15/03/1925
+17/09/2018
Cézar Augusto, Tânia Selene, Marcio Cesane, Cibele Marciana e Teresa Cristina (filhos), Tibério, Emmy, Helga, Lucas, Sarah, Uyara (in memorian), Osíris, Ricardo, Mariana, André e Camila (netos), João Victor, Maíra, Eduarda, Mateus e Joaquim (bisnetos), genros e noras, convidam familiares e amigos para a missa de 7° dia, de nossa inesquecível ETIENETE MARINHO DUARTE (Netinha), que será realizada domingo, dia 23 de setembro de 2018, às 10h da manhã, na igreja Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos, localizada na rua Valdemar Chianca, n° 330, Bessa - João Pessoa - PB. A família agradece desde já quem comparecer a este ato de fé e solidariedade cristã.

 

Nota do subscritor deste blog; Tia Netinha que faleceu aos 93 anos, era a última irmã do meu genitor. Que Deus a receba na sua glória.

 

 


Papo d‘ Esquina

 POLÍCIA PARAIBANA CONTA AGORA COM O SEU SEGUNDO HELICÓPTERO


Conforme prometido na sua campanha, o Governador Ricardo Coutinho entregou ontem o segundo helicóptero que será utilizado pelas nossas policias no combate ao crime. O novo Acauã 2, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, vai reforçar o trabalho de combate à criminalidade e, a exemplo do primeiro, será utilizado em ocorrências de grande porte, que envolvam policiamento aéreo, salvamento aquático, resgate de vítimas e combate a incêndios.Com a chegada do Acauã 2, que será integrada ao Grupamento Tático Aéreo (GTA), não haverá interrupção do serviço operacional no atendimento das ocorrências demandadas pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) e pelos órgãos operativos das Forças de Segurança.

SEXTA E SÁBADO, VIRADA CULTURAL PARQUE PARAHYBA

Na próxima sexta e sábado 21 e 22 o Comitê que cuida dos Parques Parahyba I e II estarão oferecendo aos freqüentadores, vasta programação que servirá para adultos e criança. Serão dois dias de muita festa e com várias apresentações tudo organizado por Dema Macedo e pelos abnegados membros da equipe que zelam pelos Parques Parahyba I e II. Lamentavelmente no que diz respeito a limpeza e poda dos matos que surgem a Prefeitura Municipal não vem cumprindo a sua parte em que pese os constantes apelos dos Membros do Comitê que gerenciam os dois espaços públicos.

FABIANO GOMES PASSA MAL PELA QUARTA VEZ

O comunicador Fabiano Gomes foi socorrido, na noite desta terça-feira (18), para o Hospital Ortotrauma de Mangabeira após passar mal no Complexo PB-1, onde está preso há 25 dias. A defesa do apresentador requereu na Justiça, semana passada, prisão domiciliar e internação dele após agravamento do seu quadro de saúde. A informação é que o comunicador apresenta dores no peito e permanece em observação para realização de um eletrocardiograma, que investigará se há problemas mais graves ou se ele foi acometido por um pico de estresse, sendo esta a quarta vez que o mesmo passa mal.O que causa estranheza é que daqueles que se envolveram em tal escândalo muito poucos estão pagando tal fatura. A questão que se coloca é a seguinte, ou se prende todos os envolvidos ou que se solte aqueles ora trancafiados e se aguarde a sentença transitada em julgada de tal processo. Seria mais justo e razoável.

O CANDIDATO DO PSOL DENUNCIA QUE SERVIDORES DA PREFEITURA ESTÃO SENDO COAGIDOS PARA TRABALHO NA CAMPANHA ELEITORAL

O candidato ao Governo do Estado pelo PSOL, Tárcio Teixeira, acusou a gestão de Luciano Cartaxo (PV), prefeito de João Pessoa, de fazer pressão a servidores terceirizados para participarem de eventos políticos do candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV).Segundo Tárcio, uma servidora que trabalha em uma creche de João Pessoa lhe enviou um print mostrando suposta pressão em um grupo de WhatsApp para que as trabalhadoras terceirizadas fizessem “porta a porta” nas suas áreas. Para confirmar as suas palavras o candidato soltou uma nota que dentre outras coisas diz: Não é de hoje que recebo denúncias de servidores terceirizados sendo obrigados a fazer campanha, seja de forma indireta com o velho “se não for você sabe, né?” ou direta, com visita do chefe na casa dos funcionários ou reunião entre servidores que acabam sendo levados uns a fiscalizarem os outros. Ao final da nota diz o candidato que pessoas que trabalham nas creches de João Pessoa, estão sendo obrigadas a participar de porta a porta em suas áreas, solicitando votos para o irmão do Prefeito e outras da aliança eleitoral.

NO BESSA, PREFEITURA PROTEGE SUPERMERCADO E AFUGENTA VENDEDORES AMBULANTES

Desde o inicio da gestão de Luciano Cartaxo, que a desprezada Praça Coronel Bem-hur defronte ao Superbox-Brasil no Bairro do Bessa, foi literalmente invadida por ambulantes, vendendo eles os mais diversos produtos, até mesmo produtos existentes naquele supermercado, sem que sofressem qualquer incomodo por parte dos guardas da Sedurb. Esta semana, em pleno período eleitoral, o supermercado estranhamente foi beneficiado pela retirada imediata dos ambulantes, que foram obrigados a se estabelecerem bem distante do estabelecimento, que não só se livrou dos mesmos, como também ficou com toda área a sua frente para estacionamento dos seus clientes.

NO BESSA, PREFEITURA PROTEGE SUPERMERCADO E

AFUGENTAVENDEDORES AMBULANTES II

O mais estranho, porém é que mesmo afugentando os ambulantes que já estavam ali há alguns anos, a Prefeitura autorizou dentro do espaço da praça, a instalação de um contêiner cuja base em alvenaria, bem como churrasqueira já se encontram sendo construídas, indicando se tratar de alguém de muito prestigio junto a Prefeitura, pois esse mesmo contêiner chegou a ser instalado na Praça próxima ao Restaurante Sal e Brasa, em cujo equipamento já existe o Quiosque do Arruda e teve que ser retirado as pressas de lá, graças a campanha movida pelos moradores daquela área.


EMPRESA DE PESQUISA É MULTADA POR JUSTIÇA ELEITORAL

O juiz da Propaganda Eleitoral do TRE-PB, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires, determinou o pagamento de multa de R$ 10 mil, pela empresa Real Time Big Data, que realizou e divulgou pesquisa de opinião pública, sem fornecer informações que comprovem sua transparência e veracidade. A multa pode ser diária e até aumentar de valor, segundo a Justiça, em caso de descumprimento da decisão. O requerimento de acesso ao sistema de controle para verificação e fiscalização sobre a coleta dos dados foi feito pela Coligação “Porque o Povo Quer’.

PINÇADO NAS REDES SOCIAIS:

 

SOU FEMININA E NÃO FEMINISTA. – LEILA ARAUJO

Sou mulher, mãe, batalhadora, dona de casa (sei cuidar de tudo numa casa, inclusive trocar gás, resistência de chuveiro, sempre consertei os brinquedos da minha filha, etc., o que vier eu topo), sei trocar pneu de carro (meu pai me ensinou - disse que se eu quisesse dirigir tinha que saber trocar um pneu...) - se precisar troco, mas se não precisar deixo que troquem para mim sim!! Não dispenso um cavalheirismo. Gosto e muito sim!! Direitos iguais sim! Todavia me assumo fêmea. Gosto da minha embalagem, da minha força, da minha intuição.Sei fazer todos os trabalhos que citei acima, mas vou sempre procurar um homem para fazê-los por mim. Isso não faz de mim um ser frágil e dependente, senão uma mulher utilizando uma das melhores benesses de ser mulher.


SÓ PARA SABER - CARLOS HENRIQUE ANGELO

Uma amiga me que Haddad fala cinco idiomas, é bacharéu em Direito, mestre em Economia e doutor em Filosofia. Isso me lembra Tancredo Neves. Logo após a vitória do Colégio Eleitoral ele estava trabalhando na formação do Ministério quando um general o visitou para apresentar o filho. Disse que o rapaz era muito preparado e que, entre outros títulos, era poliglota e falava oito idiomas.
Tancredo perguntou: - "E o que, exatamente, ele diz? "O general pediu licença, saiu e não apareceu mais.

Esta coluna é publicada no blogdopedromarinho.com e em três outros portais


José Dirceu lança livro nesta sexta em João Pessoa sobre sua trajetória

 Ex-chefe da Casa Civil do governo Lula, José Dirceu estará em João Pessoa nesta sexta-feira (21), onde lança o livro “Zé Dirceu – Memórias Volume 1”, que acontece a partir das 19h no Sindicato dos Bancários da Paraíba, na Avenida José Américo de Almeida (Beira Rio). O livro figura entre os mais vendidos do país, segundo a revista Veja e jornal O Globo.

Durante a visita a capital paraibana, o petista participará de uma coletiva de imprensa, segundo informou ao ParlamentoPB o presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo. A coletiva será realizada também na sexta-feira, às 11h30, na sede do Partido dos Trabalhadores na capital, que fica na Rua Irineu Foffily, em Jaguaribe.

O livro foi escrito durante os anos em que cumpriu pena nos regimes fechado e semiaberto pelas condenações na Ação Penal 470, a partir de 2013, e por denúncias da Força Tarefa da Operação Lava Jato, desde 2017.

Dirceu lutou contra o regime militar no Brasil, iniciando sua militância no movimento estudantil, chegando a ser preso e exilado durante o período ditatorial.

Com 554 páginas, o livro traz o relato de Dirceu de sua trajetória política, do tempo de militância estudantil e resistência à ditadura militar de 1964 até os governos do PT.

Parlamentopb.com;br

 


Suplente de Vené já articulou apoio com mais de 60 prefeitos


Suplente de Vené já articulou apoio com mais de 60 prefeitos
O ex-Senador Ney Suassuna (PRB) já manteve contatos com mais de 60 prefeitos paraibanos, articulando apoios para a candidatura de Veneziano Vital do Rêgo (PSB) ao Senado Federal, desde que foi confirmado como o seu primeiro suplente. Segundo Ney, nesses dois dias de trabalho intenso, o saldo é extremamente positivo.


Ney afirmou que, a cada contato, a aceitação ao nome de Veneziano é evidente, fruto de seu desempenho político, conhecido dos paraibanos. Outro fator positivo destacado pelo ex-Senador é que os prefeitos tem tecido elogios à época em que exercia o seu mandato no Senado Federal.

“Tem muitas histórias que os prefeitos lembram, da época em que estávamos no Senado, lutando pela Paraíba, garantindo recursos, garantindo obras e ações importantes. Muitos dizem que vão votar em Veneziano para que eu também possa dar a minha contribuição”, afirmou o ex-Senador.

Ney disse ainda que continuará atuando fortemente para eleger Veneziano, trabalhando junto aos prefeitos e ex-prefeitos, e mantendo contato com outras lideranças do estado. “Vamos em frente, vamos ganhar essa eleição e vamos dar nossa contribuição ao mandato de Veneziano em favor da Paraíba”, disse Ney Suassuna.

 

Assessoria


Vereador de João Pessoa é investigado pelo MPPB

O promotor do Patrimônio Público de João Pessoa, Carlos Romero Lauria Paulo Neto, instaurou um inquérito para investigar possíveis irregularidades no acúmulo ilegal de cargos públicos pelo vereador da Capital, Professor Gabriel (PSD).

De acordo com a portaria publicada na edição dessa terça-feira (18) do Diário Oficial do Ministério Público, o parlamentar estaria recebendo salários da Câmara da Capital, PBPrev e Prefeitura de João Pessoa.

Segundo dados disponibilizados no sistema Sagres do Tribunal de Contas do Estado, Professor Gabriel recebe R$ 15 mil da CMJP e R$ 4,7 mil como professor da Educação Básica da Secretaria de Educação da Capital.

O Portal MaisPB tentou entrar em contato com o vereador, mas as ligações não foram atendidas.

MaisPB


‘É entregar para um desconhecido ou dar uma marcha à ré‘, diz Ricardo sobre Lucélio e Maranhão

O governador Ricardo Coutinho (PSB), nesta quarta-feira (19), criticou os adversários do seu candidato, João Azevêdo (PSB), na corrida eleitoral pela sua sucessão. De acordo com Coutinho, Lucélio Cartaxo (PV) não tem preparo suficiente para assumir o cargo, enquanto José Maranhão (MDB) representaria um retrocesso para o estado.

“É ou entregar para um desconhecido, para quem abertamente não dispõe das qualidades mínimas para governar um estado ou então dar uma marcha ré e entregar a alguém que diz que vai fazer no quarto mandato o que não fez em três. Essa equação, com todo respeito que tenho, e tenho mesmo, não fecha”, declarou.

Defendendo a continuidade do mandato do PSB, o socialista afirmou: “a época é de seguir em frente, confiar em um projeto que tem dado resultados. Hoje você não encontra um indicador social e econômico que seja pior do que em 2010, todos são melhores”.

Paraiba.com.br
Yves Feitosa/Márcio Rangel


Sidebar Menu